quinta-feira, 1 de junho de 2017

"Tres Poetas del Brasil" - exemplar com dedicatória - Madrid (1950)

Reunião de três poetas Brasileiros: BANDEIRA - DRUMMOND - SCHMIDT, é uma tríplice antologia impressa na Espanha em 1950 sob a responsabilidade e organização dos tradutores, que também assinam o prefácio da obra. Os três tradutores envolvidos na edição da obra são: Leonidas Sobrino Porto, Pilar Vazquez Cuesta e Vicente Sobrino Porto.

O exemplar custodiado em minha coleção foi dedicado por dois dos tradutores, Leonidas e Vicente Sobrino Porto, para o então Prefeito do Distrito Federal (Rio de Janeiro) General Ângelo Mendes de Moraes.

Capa da obra.

Detalhe da capa.

Detalhe da ilustração da capa.

Ilustrações de Robert Degenève.

Dedicatória dos tradutores da obra para o
então Prefeito do Distrito Federal em 1950
General Ângelo Mendes de Moraes.

Detalhe da dedicatória de Leonidas e Vicente
Sobrino Porto para o Prefeito Mendes de
Moraes no ano de 1950.

Folha de rosto.

Detalhe da folha de rosto.



Introdução com fotografia de
Manuel Bandeira.

Detalhe tipográfico em poesia de Bandeira.

Introdução com fotografia de
Carlos Drummond de Andrade.

Detalhe tipográfico em poesia de Drummond.

Contracapa.




"Poesias Completas" Dedicatória para Paulo Mendes Campos - Manuel Bandeira (1944)

Em 1944 Manuel Bandeira lança pela AMERIC=EDIT, criada pelo Frances refugiado da segunda guerra mundial Max Fischer, dentro do escopo da "Coleção Joaquim Nabuco" (Direção: Álvaro Lins) sendo o número 7 da mesma,  a terceira edição de suas poesias reunidas (Segunda a usar "Poesias Completas" no título). Brochura com 332 páginas em tiragem de 2065 exemplares.

O exemplar aqui postado foi premiado com uma espirituosa dedicatória do "Bardo" para o jovem Paulo Mendes Campos, que havia vindo ao Rio de Janeiro em 1945 para conhecer Pablo Neruda e, tendo encontrado seus amigos Fernando Sabino, Otto Lara Resende e Helio Pellegrino, nunca mais voltou.

O Poeta Manuel Bandeira dedica o livro a:

"Paulo Mendes Campos,
  Intruso carioca,
Oferece o Manuel"   Rio, 1945

Capa da edição das Poesias Completas
(edição aumentada) de Manuel Bandeira.


Detalhe da capa das Poesias Completas
de Manuel Bandeira (1944).

Livro fazia parte da Coleção Joaquim Nabuco
da AMERIC=EDIT.


Orelha da capa.

Dedicatória de Manuel Bandeira
para Paulo Mendes Campos.



Folha de rosto.


Lombada aponta o número 7 da coleção
Joaquim Nabuco.

Contracapa.

Detalhe da ultima página do livro.

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Dedicatórias especiais de Carlos Drummond de Andrade.

Esta "postagem" visa compilar algumas dedicatórias, do Poeta Carlos Drummond de Andrade, as quais considero especiais, seja por questão de humor, sentimento ou profundidade.

1- Dedicatória para Daniel Joaquim Pereira, Diretor da Livraria José Olympio Editora e irmão de José Olympio Pereira.

"E agora José?
Vai para a estante do Dan, que é um lugar simpático."

Carlos Drummond
Rio, Maio, 1973

2- Dedicatória para Cecília Jucá e Gastão de Holanda.

"A Cecília
       e
       Gastão
       Unidos também no meu
       afeto e na minha admiração,

       o abraço do velho Carlos
Rio, 27, VII, 73

3- Dedicatória para Helio Pellegrino.

"que entre esquecimento e
lembrança desvenda o mistério
do ser,"

O abraço cordial de 
Carlos Drummond
Rio, Janeiro, 1980

4- Dedicatória para Lélia.

"Lélia:
por que dedicatória?
Tudo está implícito
num silêncio devoto
que te ofereço."

Carlos
3.VII. 84

5- Dedicatória para Márcia de Almeida.

"(que não pode esperar a fila)
pedindo desculpas e mandando um abraço"

Carlos Drummond de Andrade
Rio, 5. XI. 80

6- Dedicatória para Therezinha.

"a Acumuladora - pois acumule também a minha admiração
e o meu bem-querer,
com um abraço amigo."

Carlos
Rio
Janeiro
1969




Dedicatória de Carlos Drummond de Andrade
para Daniel Joaquim Pereira.

Dedicatória de Carlos Drummond de Andrade
para Cecília Jucá e Gastão de Holanda.

Dedicatória de Carlos Drummond de Andrade
para o psicanalista Helio Pellegrino.

Dedicatória de Carlos Drummond de Andrade
para Lélia.

Dedicatória de Carlos Drummond de Andrade
para Márcia de Almeida.

Dedicatória de Carlos Drummond de Andrade
para Therezinha - "a Acumuladora".

quinta-feira, 13 de abril de 2017

"Reunião - 10 Livros de Poesia" - Carlos Drummond de Andrade (1969)

Esta "postagem" trata da primeira edição da "Reunião - 10 Livros de Poesia" de Carlos Drummond de Andrade, editado pela José Olympio entre 1969 (Primeira edição) e 1980 (Décima e última edição no formato "10 Livros"). Foram 10 edições ao longo de 11 anos, distribuídas em 5 modelos de capa com "lay-out" semelhante em combinações distintas de cores (vide tabela abaixo).


10 edições:
Fundo cinza prateado e centro/título em azul: (1 edição)
1º Edição 1969
Fundo dourado e centro/título em vermelho (1 edição)
2º Edição 1971
Fundo cinza prateado e centro/título em vermelho (2 edições)
3º Edição 1973 / 4º Edição 1973
Fundo laranja e centro/título em azul (3 edições)
5º Edição 1973 / 6º Edição 1974 / 7º Edição 1976
Fundo verde e centro/título em marrom (3 edições)

8º Edição 1977 / 9º Edição 1978 / 10º Edição 1980

Em 1983 a José Olympio lançou a 11º Edição da "Reunião", então no formato de 19 livros de poesia, dividida em dois volumes.

Este exemplar custodiado em minha coleção foi autografado e dedicado por Carlos Drummond de Andrade para o jornalista e pioneiro critico literário Alagoano Valdemar Cavalcanti.


Capa da primeira edição.

Detalhe da capa.


Contracapa da primeira edição da
Reunião - 10 Livros de Poesia.


Orelha da capa.

Dedicatória de Carlos Drummond de Andrade
para o crítico literário Valdemar Cavalcanti.

Folha de rosto da primeira edição.


Bico de pena de Luis Jardim.


Detalhe tipográfico.

Orelha da contracapa.
Valdemar Cavalcanti (a direita) aproximadamente `a
época da dedicatória de Carlos Drummond.
Foto retirada do site: Histórias de Alagoas.